Skip to content

Pra não dizer que não falei das flores – Geraldo Vandré

25/05/2010

 Intérprete – Geraldo Vandré

Geraldo Vandré no festival da canção

Compositor – Geraldo Vandré

 

Ano de divulgação – 1968

 

Álbum – não está presente em nenhum álbum
 

 

 

 

 

 

“Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”

 

  Talvez nenhuma música explique tão bem a repressão na ditadura militar do Brasil do que Pra não dizer que não falei das flores, do compositor e intérprete paraibano, Geraldo Vandré.
  A canção caiu na boca do povo ao ser interpretada pelo próprio Vandré no Festival Internacional da canção de 1968. Logo que acabou o Festival, onde a música ficou em segundo lugar, a censura da ditadura militar já a proibiu de ser cantada.
  Através da canção, Vandré falou e cantou o que todos estavam querendo dizer, mas não tinham coragem. Olhando para os militares, o cantor soltava o refrão que na verdade era uma chamada à luta armada contra os ditadores.
A música ficou proibida de 1968 até 1979,  período que Vandré foi exilado e torturado pelos homens da ditadura.
  Pra não dizer que não falei das flores é um hino de um homem que brigou para ser a voz de todos os brasileiros indignados de 1968.
About these ads

From → Músicas

6 Comentários
  1. Frncisco Paula da Silva permalink

    Realmente, Geraldo Vandre alem de grande compositor, foi tambem muito corajoso atitude dificil nos anos de chumbo

  2. quero na verdade fazer uma pergunta: A música “prá não dizer que não falei das flores” foi cantada pelos brasileiros na década de 60? Estou a perguntar porque estou escrevendo um livro e quero que minha personagem e suas atitudes seja emparelhada ao canto dos brasileiros na decada e 60
    graato

  3. Gustavo Freitas permalink

    Jason, a música é de 1968 e foi lançada no Festival Internacional da Canção, no qual o público gritava o nome de Vandré e cantava o refrão com o compositor. Se você entrar no link que está abaixo, você poderá ouvir que o público também está cantando. Lógico que após o sucesso da canção, a censura à música foi muito forte, o que impossibilitou Vandré e os brasileiros de continuarem cantando a canção em público. Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, escreva.

  4. hugo dantas da silva permalink

    tenho uma historia bem parecida c om a do vandre estou colocando em umas folha mas nao tenho como publica ninguem acredita em min como a forma mais facil de publica

  5. Francisco permalink

    A faixa-título, mais conhecida pelo subtítulo de “Caminhando”, foi vetada pela censura do regime militar e só foi liberada em 1979. Tinha tudo para ganhar o Terceiro Festival Internacional da Canção (FIC), promovido pela TV Globo naquele conturbado “ano que não terminou” de 68, mas ficou em segundo lugar justamente por pressão dos militares (diziam que se Vandré ganhasse o festival, sairia do Maracanãzinho preso), A vencedora do FIC de 1968 foi “Sabiá”, de Tom Jobim e Chico Buarque, interpretada por Cynara e Cybele, ex-integrantes do Quarteto em Cy.
    Me lembro como se fosse hoje…
    Eu, jovem, trabalhava em uma emissora de rádio em Minas Gerais, e tão logo recebemos o disco compacto com a música, passamos a tocá-la, com grande frequência, pois era o ‘hit’ do momento. Num dado momento, toca o telefone, atendi e ouvi uma voz soturna: “Aqui é do Batalhão… Olha, vocês estão tocando essa música demais!”; respondi: ‘Mas ela é sucesso; precisamos tocar…”; a voz retrucou: “Vamos prender esse disco!” e desligou. Mais tarde, quando já não era meu horário de trabalho, a rádio ‘recebeu a visita’ de um tenente com ordem de apreensão do disco e o gerente teve que assinar um termo dizendo que não havia mais nenhuma gravação, de qualquer espécie, dessa música na emissora.
    Era ‘o ano de 1968’!

  6. aluonir soares barbosa permalink

    Uma musica de 1968, porem contextualizada em 2013, mais precisamente JUNHO de 2013, quando os brasileiros acordaram do”deitado eternamente em berço esplendido” e foram à luta de um ideal
    da plena cidadania. Valeu brasileiros guerreiros
    ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 28 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: