Skip to content

Nervos de aço – Paulinho da Viola

30/07/2010

Intérprete – Paulinho da Viola

Compositor – Lupicínio Rodrigues

Ano de divulgação – 1973

Álbum – Nervos de aço

 

letra e música –http://letras.terra.com.br/paulinho-da-viola/184611/

“Há pessoas de nervos de aço, sem sangue nas veias e sem coração”

 

Gravada pela primeira vez em 1947, por Francisco Alves, Nervos de aço, de Lupicínio Rodrigues, foi nacionalmente conhecida somente em 1973, quando Paulinho da Viola a regravou a canção magistralmente.

Nervos de aço, Paulinho da Viola, 1973

Com uma letra forte, digna do grande compositor gaúcho, Nervos de aço traz um homem apaixonado por uma mulher, porém ele vê sua amada nos braços de outro homem, o que o deixa profundamente chateado. Ele não sabe se é dor, tristeza ou vontade de morrer, ele só sabe que não é uma sensação boa. Ele se mostra diferente de outros homens, porque ele ama e não acredita que não tem o amor recompensado, seus nervos não são de aço, muito menos o seu coração.

A letra é linda e ficou perfeita na voz de um dos maiores sambistas brasileiros de todos os tempos. Além disso,  a canção deu nome ao disco que é considerado o melhor de Paulinho.

Anúncios

From → Músicas

One Comment
  1. Não acho que os “nervos de aço” seria o autocontrole contra a vontade de morrer, como sugere o autor. Me parece mais um autocontrole contra o desejo de matar a amada que o traiu. O “desejo de morte ou de dor” , acredito que seja em relação a ela, de espanca-la ou mata-la. Me parece mais coerente com a cultura dos anos 50.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: